ter., 01 de dez. | GRATUITO para Psicólogo Junguiano

As defesas arquetípicas e a dificuldade de sentir

EVENTO TOTALMENTE ONLINE realizado pelo ZOOM
A inscrição está fechada
As defesas arquetípicas e a dificuldade de sentir

Horário e local

01 de dez. de 2020 20:00 – 21:30
GRATUITO para Psicólogo Junguiano

Sobre o evento

Os pacientes que foram vítimas de traumas no início da primeira infância sofreram seus efeitos avassaladores, lutando continuamente para regular estes efeitos a cada dia de sua vida. A dor provocada pelo trauma interrompe o desenvolvimento psíquico normal, deixando um abismo externo entre o eu e o mundo e, outro interno, entre o ego e o Self. Um sofisticado sistema de defesas é acionado e utiliza a dissociação para compartimentalizar aspectos intoleráveis da experiência, envolvendo a vida em um transe de tal forma que o paciente possa prosseguir na sua sobrevivência. Um medo terrível associado à dissolução de um eu coerente aciona uma segunda linha de defesas com o objetivo de evitar que o inconcebível seja vivenciado, a aniquilação do espírito pessoal.

O trauma é “uma lesão na capacidade de sentir” e constitui uma tragédia na vida de quem sobreviveu ao trauma. Essa observação colabora com a afirmação de Jung (1987) que utiliza a palavra sentir para caracterizar o modo de percepção da relação entre ego e Self, mas se essa relação está impossibilitada pelas defesas arquetípicas, a pessoa fica impossibilitada de sentir a si-mesma. Essa lesão na capacidade de sentir impede a criatividade, desliga mente e corpo, cabeça e coração fazendo com que a vitalidade da pessoa fique comprometida. 

Estes pacientes, para sobreviver, precisaram cortar conexões com os seus sentimentos e com o seu corpo, local onde os sentimentos ficam alojados. Estão continuamente realizando esforços de autocontrole e autocura como heroicos sobreviventes, no entanto são afetivamente empobrecidos. Muitos deste pacientes são bem sucedidos em sua vida exterior, mas completamente defendidos contra qualquer experiência emocional. Geralmente costumam confessar, quando em terapia, que apresentam dificuldades em sentir afeto ou que não reconhecem as emoções que sentem. Apresentam também desconforto com seu corpo não reconhecendo a si próprio no espelho.

Você aceita este convite e vem comigo nessa Jornada da Prática Clínica Junguina?

Ingressos
Preço
Qtd
Total
  • Esgotado
    As dificuldade de Sentir
    R$0
    R$0
    0
    R$0
Esse evento está esgotado.

Compartilhe este evento